Lembrete aos 32 clubes do DLC11 que adquiriram o kit do Cartaz da Paz: Gostaria de lembrar que nosso prazo final para entrega do cartaz vencedor de cada clube finda em 15/11/2019. Espero que todos estejam desenvolvendo as atividades para conclusão dessa etapa e solicito que fiquem atentos às instruções que serão enviadas para cada clube (solicitação de relatório final,endereço para envio do cartaz vencedor de cada clube e data e convite para etapa distrital). Conto com o entusiasmo e participação de todos para tornar esse cada vez mais grandioso!

  Soraya Brunhara Canuto de Andrade / sorayandrade@gmail.com / Assessora Distrital do Cartaz da Paz ID:1176
Mensagem postada em: 10/10/2019 13:45:24

 

FUNDAMENTOS DE UM LIONS CLUB – PARA NOSSOS VISITANTES E NOVOS ASSOCIADOS - “Resumo Histórico”. Um empresário bem sucedido de Chicago chamado Melvin Jones, fez uma pergunta simples, mas capaz de mudar o mundo: e, se as pessoas usassem suas habilidades no trabalho pela melhoria da comunidade em que vivem? A resposta é: Quase 102 anos depois, Lions Clubs International é a maior organização de clubes de serviço do mundo, voltada para serviços humanitários. Seus membros, denominados como "Companheiro(a) Leão" são associados aos Lions Clubes espalhados pelo mundo. São aproximadamente 1,5 milhão de homens e mulheres realizando exames de vista e de saúde, construindo parques, (volatados ao meio ambirente), apoiando hospitais oftalmológicos, concedendo bolsas de estudo, auxiliando jovens, distribuindo cestas básicas, dando apoio a entidades filantrópicas, fornecendo ajuda em momentos de catástrofes e muito mais. Lions Clubs International foi fundada nos Estados Unidos da América em 1917 por Melvin Jones e se tornou internacional em 1920, quando foi fundado um Lions Club no Canadá. E, a partir dai, espalhou-se por todo mundo. Escrito e Publicado pelo CL Roque José Schimidte – Secretário do DLC11- - AL 2019/2020

  ROQUE JOSÉ SCHIMIDTE / roqueadvogo.2010@yahoo.com.br / PINHEIROS ID:1175
Mensagem postada em: 08/10/2019 13:37:49

 

“PRONTOS PARA O INESPERADO. NO PASSADO, AS GUERRAS, NO PRESENTE E FUTURO, AS INTERPERIES DO CLIMA” – Melvin Jones, agosto de 1944 – certa vez disse: “(....) os Leões de 14 nações deram um inicio a um novo período social que são talvez quem sabe: os maiores da história de nossa Associação criados pela Guerra na Europa e na Ásia. Mesmo PÓS-GUERRA, os Leões sabem que aquelas coisas que os fizeram fortes, deveriam ser renovadas e devem ser continuadas”. E agora, nos Leões devemos sempre ficarmos atentos para o inesperado. O Brasil passou a viver nesse século XXI, os primeiros grandes focos daquilo que pode ser a maior crise hídrica de sua história. Com um problema grave de seca e também de gestão dos recursos naturais, o país vem apresentando níveis baixos em seus reservatórios em épocas do ano em que eles costumam estar bem mais cheios. Essa ocorrência, de certa forma, representa uma grande contradição, pois o Brasil é considerado a maior potência hídrica do planeta. Pela Constituição Federal de 1988, cabe aos governos estaduais a missão de gerir e administrar a captação e distribuição de água, embora o governo federal também precise atuar por intermédio do fornecimento de verbas públicas e obras interestaduais. Nesse sentido, alguns governos, por questões administrativas ou até políticas, (atualmente pela má gerência, e o mau uso do dinheiro público) podem apresentar algumas falhas, principalmente no que se refere ao planejamento no manejo dos recursos hídricos. Por difíceis e implicados que sejam a muitos destes problemas. Nos Leões devemos estarmos prontos. E por algum tempo deveremos continuar prontos para imediatamente liderarmos com eles. Seja “PÓS GERRA” e contemporâneo a “CRISE HIDRICA”, mesmo sabendo que essa ultima é bem mais difícil de se combater. Contudo, nos Leões estamos preparados e dispostos a prestar serviços extraordinários, não simplesmente por termos realizado obras no passado, porque estamos prontos para enfrentar o inesperado. Escrito e divulgado pelo CL Roque José Schimidte – Secretário – DLC11- AL 2019/2020

  ROQUE JOSÉ SCHIMIDTE / roqueadvogo.2010@yahoo.com.br / PINHEIROS ID:1174
Mensagem postada em: 03/10/2019 10:21:51

 

“MELVIN JONES CRIANÇA E MAIS TARDE CHICAGO NO SEU CAMINHO” - As primeiras memorias de Melvin Jones, do seu tempo de criança em Fort Thomas, eram uma mistura de cavalos e soldados do exercito do EUA lutando e matando os índios apaches, lembrava-se sempre em suas palavras: “de soldados magros e às vezes amedrontados peleando contra os ferozes índios”. Recordava-se dos vagões da ferrovia, envolta na poeira bastante comum nas pequenas ou grandes cidades do velho oeste daquele tempo. Recordava-se na sua memória a figura do capitão Herting que ele nunca viu. Herting morreu no ano que Melvin Jones nasceu. Todos falavam do Capitão Herting e de suas façanhas. Ele lutou durante longos anos com os apaches. Até surgirem Cochise e Gerônimo, os implacáveis Chefes apaches, registrados pelas suas coragens. Talvez tenha surgido dai a coragem do nosso fundador em lutar pelos menos favorecidos. Veja, o ser humano é, por natureza, um ser gregário. Desde o seu aparecimento sobre a terra, busca se encontrar com os outros e por várias razões. Boa parte dos estudiosos é unânime em afirmar que, desde que nos tornamos humanos sábios, possuímos características comuns e uma delas é a tendência natural a vivermos em grupos, em comunidade. – Foi com alegria e entusiasmo que nosso Fundador - (Melvin Jones, Março de 1913), aceitou um convite de William Towne, a ingressar no Círculo de Negócios de Chicago, mas sempre firme em seu propósito de criar uma entidade que pudesse amparar principalmente os necessitados, e não o quadro de seus sócios (Brasil, associados), porém sempre firme em seu propósito de criar uma entidade que pudesse amparar principalmente os necessitados, e não o quadro de seus associados. A história continua como é de conhecimento todos nós CCLL e CCaLL e DDMM, No final de 1916, Melvin Jones já havia reorganizado Circulo de Homens de Negócios de Chicago, onde o ponto de partida mesmo se deu no ano de 1917. E, desde então, com esse espírito leonistico em grupos, onde, fazemos parte da Organização Internacional de Lions Clubes, promovemos ao próximo “O SERVIÇO SOCIAL DESINTERESSADAMENTE”. Fonte de pesquisa: (A Grande Ideia de Melvin Jones, Zander Campos da Silva, ed. Quatro Ltda). Pesquisado e escrito pelo CL Roque José Schimidte – Secretário do DLC11- AL 2019/2020.

  ROQUE JOSÉ SCHIMIDTE / roqueadvogo.2010@yahoo.com.br / PINHEIROS ID:1173
Mensagem postada em: 25/09/2019 14:32:16

 

TRABALHANDO EM EQUIPE SATISFAÇÃO E COMPANHEIRISMO - Um Lions Clube de sucesso apresenta duas qualidades básicas e cruciais: “ORGULHO E COMPANHEIRISMO”. Se nós percebermos que o Clube está em ascensão, nos temos júbilo das realizações de seus trabalhos e o nosso compartilhamento se dá melhor. Digamos que seria conveniente e justo a distribuição de tarefas, participações de leões (digamos Novo Associado) nos Comitês Consultivos dentre outras atividades. A participação do leão é o caminho para se aprender leonismo, para que essas reuniões não sejam intituladas “PODER DE CÚPULA”. Contudo, para saber trabalhar em equipe é necessário, respeitar o próximo como ser humano; saber ouvir o colega; ter um espírito de cooperação; compartilhar ideias e respeitar a opinião do próximo. Uma equipe é como uma família, tendo que se manter unida com respeito, honestidade, confiança para que seja possível a realização de um trabalho eficaz, criativo e de qualidade. Tipicamente, os clubes bem como os Distritos que demonstram estas qualidades são os que têm: LIDERANÇA ENVOLVIMENTO; HARMONIA-COMPANHEIRISMO; ARTICIPAÇÃO; RELAÇÕES PÚBLICAS; prestam atenção no CÓDIGO DE ÉTICA E OS PROPOSITOS DO LEONISMO; estabelecem METAS; ORIENTAÇÃO (instruções leonisticas); RECONHECIMENTO (apresentação de prêmios aos Leões merecedores). Conclui-se que observando estas linhas diretrizes como já dito acima, mais distribuições de tarefas (principalmente ao novo associado) nós podemos melhorar a eficiência de nossa liderança criando e mantendo um programa contínuo de sucesso que preenche as obrigações inerentes ao lema do Lions: “NÓS SERVIMOS”. Escrito e publicado pelo CL Roque José Schimidte – Secretário – DLC11 - AL 2019/2020.

  ROQUE JOSÉ SCHIMIDTE / roqueadvogo.2010@yahoo.com.br / PINHEIROS ID:1172
Mensagem postada em: 18/09/2019 08:52:29

 

A TROCA - Muitos se dedicam com tanto ímpeto em alcançar coisas, como se nelas estivesse a única garantia de vida e sobrevivência. Porém, tudo que se precisa para viver neste mundo; tudo que vale a pena, o essencial são os relacionamentos. Há um antigo ensinamento oriental que diz: “Se dois homens caminham por uma estrada em sentido contrário, e cada um traz consigo um PÃO, e em determinado ponto eles se encontram e trocam os pães, cada um segue seu caminho levando um pão. Porém... Se dois homens caminham por uma estrada em sentido contrário, e cada um deles traz consigo uma IDEIA, e em determinado ponto eles se encontram e trocam as ideias, cada um segue seu caminho, levando agora DUAS IDEIAS”. É assim: quando trocamos bens materiais, não acrescentamos muito ao nosso patrimônio, mas quando trocamos experiências, conhecimentos e ideias, transformamos nossa mente numa ferramenta fecunda, capaz de proporcionar-nos mais sabedoria, um patrimônio intangível. Portanto, se amamos o próximo, nos tornamos em pessoas de valor. Se preservarmos a todo custo o essencial, o sucesso virá como consequência e não será um objeto de cobiça que acabe por nos corromper. No entanto, para que isso se torne realidade devemos participar de todos os eventos leonisticos, sendo na pare administrativa e nas realizações de campanhas, com isso, trocaremos boas ideias. Escrito e Publicado pelo CL Roque José Schimidte – Secretário – DLC11- AL 2019/2020.

  ROQUE JOSÉ SCHIMIDTE / roqueadvogo.2010@yahoo.com.br / PINHEIROS ID:1171
Mensagem postada em: 12/09/2019 10:19:03

 

“OS LEÕES NA TRILHA DOS PORCOS ESPINHOS” – (Assim como nosso Mestre ensinava), quero lançar mão de uma parábola (não me comparando a ele, mas como filho dele). Para mostrar a necessidade de aprendermos a trabalhar em grupo. Durante a era glacial, (tanto o manto de gelo da Groenlândia como o manto de gelo antártico) muitos animais morriam por causa do frio. “Os porcos-espinhos, (roedor coberto por espinhos afiados) percebendo a situação, resolveram se juntar em grupos, assim se agasalhavam e se protegiam mutuamente. Mas os espinhos de cada um feriam os companheiros mais próximos, justamente os que ofereciam mais calor. Por isso decidiram se afastar uns dos outros e voltaram a morrer congelados”, então precisavam fazer uma escolha: ou desapareceriam da Terra ou aceitavam os espinhos dos companheiros. Porém, com sabedoria, decidiram voltar a ficarem juntos. Aprenderam assim a conviverem com as pequenas feridas que a relação com uma pessoa muito próxima podia causar, já que o mais importante era o calor do outro. E assim sobreviveram… Essa metáfora se encaixa perfeitamente também entre nós no leonismo. Se ficarmos sozinhos, esfriaremos. A frieza e a friagem nos assolam, precisamos nos manter aquecidos e até incendiados. Mas isso só será possível se nos mantivermos juntos, e recrutarmos para os grupos novos Associados. Vejam! Uma brasa se fica sozinha apaga. Devemos nos unir sempre em prol do bem comum. Com isso, podemos tirar a seguinte lição: “O melhor relacionamento não é aquele que une pessoas perfeitas, mas aquele em que cada um aprende a conviver com os defeitos do outro e consegue admirar suas qualidades.” (do filósofo alemão Arthur Schopenhauer). Transcrito com adaptações e publicado pelo CL Roque José Schimidte – Secretário do Distrito-LC11- AL 2019/2020.

  ROQUE JOSÉ SCHIMIDTE / roqueadvogo.2010@yahoo.com.br / PINHEIROS ID:1170
Mensagem postada em: 09/09/2019 11:52:04

 

INEXISTEM: “LIBERDADE, IGUALDADE SEM FRATERNIDADE” - No século passado dois sistemas tentaram encarnar a liberdade e a igualdade. O liberalismo económico procurou garantir a todos o bem estar e o socialismo tentou promover a igualdade, atribuindo ao Estado a justa distribuição das riquezas. No início deste século, as crises financeiras, as doenças e a pobreza fizeram entender que falta uma base ética que garanta um sentido aos esforços de quem é encarregado de organizar a vida social e económica. Não diria somente do Brasil, mas no mundo. E talvez a FRATERNIDADE possa ser esta referência ética. Nesse ponto, a Organização de Lions Club se faz presente imbuídos com a solidariedade para pormos em prática a FRATERNIDADE que sempre norteia as nossas ações. Neste novo século, o foco da proteção dos direitos deve sair do âmbito individual e dirigir-se definitivamente ao coletivo. São direitos inerentes à pessoa humana; não considerada em si, mas como coletividade; o direito ao MEIO AMBIENTE ( que está em voga ultimamente nos noticiários), à segurança, à moradia, ao desenvolvimento. Estamos no caminho certo. É necessário que tomemos consciência de que nossos direitos apenas nos serão assegurados de fato, quando estes forem também garantidos para todos os demais. Enfim, é o momento de se realizar o bem comum. “NOS SERVIMOS”. Com isso, existirá o laço de união entre os homens, fundado no respeito pela dignidade da pessoa humana e na igualdade de direitos entre todos os seres humanos. Escrito e divulgado pelo CL Roque José Schimidte – Secretário do DLC11- AL 2019/2020.

  ROQUE JOSÉ SCHIMIDTE / roqueadvogo.2010@yahoo.com.br / PINHEIROS ID:1169
Mensagem postada em: 26/08/2019 10:30:30

 

SOMOS CENTENÁRIOS! As empresas tendem a ser horizontais e não verticais, o que significa que têm um hierarquia plana, ou não tem hierarquia alguma. Elas são maleáveis, capazes de se reconfigurarem rapidamente para atender a condições que se alteraram. A liderança, nelas, tende a ser baseada na competência e na personalidade, e não na posição social ou organizacional. E o poder se renova com frequência e mais facilmente do que numa burocracia, mudando de mãos quando surgem novas situações que exijam novas aptIdões. AVE MELVIN JONES.

  cl theócrito / theovs34@gmail.com / Guarapari ID:1168
Mensagem postada em: 24/08/2019 17:19:01

 

FALECIMENTO DA COMPANHEIRA IOSANA FUNDÃO: TRISTE, MUITO TRISTE, MUITO TRISTE MESMO !!!!! SEMPRE TIVE O DOM DA ESCRITA; AS PALAVRAS FLUÍAM FÁCIL, MAS SENTEI DIANTE DA MÁQUINA, JÁ SE PASSARAM DEZ HORAS E AS PALAVRAS NÃO VIERAM, SÓ INSÔNIA. ------ TALVEZ MAIS TARDE. ------ DANIEL ESPEROU POR VOCÊ ATÉ AGORA ------ TODO O VALE DO CRICARÉ ESTÁ DE LUTO ----- LIONS E UMA CIDADE INTEIRA ESTÁ CHORANDO POR VOCÊ ------ ATÉ BREVE IOSANA ------ TE AMAMOS MUITO EM VIDA E VAMOS LHE AMAR MUITO MAIS NUMA ETERNA SAUDADE ---*--- LAUDIR E MARLEN

  LAUDIR POLTRONIERI ROSA / laumar@terra.com.br / DISTRITO LC-11 ID:1167
Mensagem postada em: 22/08/2019 07:58:54


Primeiro Retornar Avançar Último

  Registros 11 a 20 de 1132